coisas que me passam pela cabeça, e outras que vão ficando

[ textos recentes

[ Desporto, dizem eles...

[ A RTP e os Jogos Olímpico...

[ arquivos

[ Julho 2018

[ Março 2016

[ Agosto 2015

[ Junho 2015

[ Março 2015

[ Março 2014

[ Março 2013

[ Fevereiro 2013

[ Julho 2012

[ Maio 2012

[ Outubro 2011

[ Agosto 2011

[ Junho 2011

[ Abril 2011

[ Janeiro 2011

[ Novembro 2010

[ Outubro 2010

[ Setembro 2010

[ Agosto 2010

[ Junho 2010

[ Maio 2010

[ Março 2010

[ Janeiro 2010

[ Dezembro 2009

[ Novembro 2009

[ Outubro 2009

[ Julho 2009

[ Junho 2009

[ Maio 2009

[ Abril 2009

[ Março 2009

[ Fevereiro 2009

[ Janeiro 2009

[ Dezembro 2008

[ Novembro 2008

[ Outubro 2008

[ Setembro 2008

[ Agosto 2008

[ Julho 2008

[ Junho 2008

[ Maio 2008

[ Abril 2008

[ Março 2008

[ Fevereiro 2008

[ Janeiro 2008

[ Dezembro 2007

[ Novembro 2007

[ Outubro 2007

[ Setembro 2007

[ Agosto 2007

[ Julho 2007

[ Junho 2007

[ Maio 2007

[ Abril 2007

[ Março 2007

[ Fevereiro 2007

[ tags

[ todas as tags

Sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

Desporto, dizem eles...

Já esperava isto, mas tinha uma réstia de esperança de que não acontecesse. Já há quatro anos foi assim. Esperava que tivesse evoluído, mas não, continua na mesma. Há em Portugal três grandes jornais que se dizem e são referidos com "desportivos", ou "de desporto": A Bola, o Record e O Jogo. Hoje, 8 de Agosto de 2008, dia de arranque dos Jogos Olímpicos de Pequim, o maior evento desportivo mundial, estes três jornais têm as seguintes notícias:

A Bola dá um pequeno destaque aos Jogos Olímpicos logo abaixo do nome do Jornal com a legenda"começa a festa universal". Ocupará cerca de um quarto da altura da página, o resto é futebol, mas é muito mais do que eu esperava, confesso. É, destes jornais, o que maior destaque dá. - O Jogo não dá qualquer destaque aos Jogos Olímpicos. Nem uma foto, nem um cabeçalho, nada. As únicas notícias e títulos são de futebol. Para

 

O Jogo parece que só o futebol é jogo, os outros desportos não são nada, não lhes interessam. Já nem sonho que possam noticiar Esqui, Hóquei no Gelo ou Curling, que são desportos de Inverno de de países mais frios. Mas será que nunca ouviram falar de Badminton, Vela, Judo, Tiro ao Arco, Atletismo em todas as suas variedades, Xadrez, Automobilismo, Xadrez, Basquetebol, Andebol, Hóquei em Patins, Voleibol, Karaté, Natação, Equitação? A mim não me interessa este jornal.

Por fim o Record dá uma pequena notícia. Em grande tem a fotografia de um jogador - de futebol, claro! - que chegou ontem. Não ganhou, não marcou golos, não conseguiu nenhuma proeza nem cometeu nenhum crime, apenas chegou. E por isso e é notícia em grande, enchendo quase toda a página. À volta, fora a publicidade, há mais notícias (de futebol...) e lá aparece uma caixa pequena dizendo "JOGOS OLÍMPICOS PEQUIM 2008, Portugal sonha na China". Ocupa mais ou menos 3% de toda a página. Para este jornal é isso quanto valem os Jogos Olímpicos face ao futebol: 3%.

publicado por coisas minhas às 10:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

A RTP e os Jogos Olímpicos

Ouvi há pouco na rádio Antena 1 (do grupo RTP) que "os Jogos Olímpicos são o maior evento desportivo mundial". A RTP (tv) programou para as 23h00 a transmissão em diferido da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos, que durará cerca de três horas. Transmite em directo na RTP2 à tarde.

Quem trabalha não poderá ver em directo, mas poderia ver em diferido a horas decentes. A importância deste evento justificaria que a sua transmissão em diferido fosse a uma hora que alcançasse mais espectadores, e que não os obrigasse a ficar acordados até altas horas para a ver na integra. Mas não, alguém decidiu que a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos podia começar a ser transmitida às 23h00, pelo só deve acabar às duas da manhã.

Mesmo sendo véspera de fim-de-semana, quem trabalha tem cansaço que gostaria de vencer com um sono decente. Mais estranho é esta opção da RTP porque estão programados para depois do Telejornal dois programas que não são transmitidos em directo e que não têm qualquer relação do seu conteúdo com a data ou época de emissão. São o "Sabe mais que um miúdo de dez anos" e o "Conta-me como foi". Não há prejuízo algum em que não sejam emitidos no dia previsto. Porque não são adiados para outro dia?

É de apostar que, por força do acordo que a RTP alcançou para a transmissão de jogos de futebol, esta não hesite em não transmitir alguns programas só para transmitidos jogos nacionais em directo. Vai abdicar sem problemas de um qualquer programa, até do Telejornal à hora normal, só para dar um jogo qualquer.

Os Jogos Olímpicos são a expressão máxima do desporto, um simbolo da nossa civilização, são de facto o maior evento desportivo mundial, mas a Direcção de Programas da RTP não parece perceber o que isso significa.

publicado por coisas minhas às 16:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

[ quem sou

[ pesquisar

 

[ Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

[ links