coisas que me passam pela cabeça, e outras que vão ficando

[ textos recentes

[ Ronaldo é apresentado hoj...

[ O homem que não existe

[ Sábios conselhos

[ Coisas úteis (?) que se a...

[ We Go ou Nós Vamos?

[ Eusébio no Panteão não. P...

[ Viva la vida loca aos 80!

[ Não tenho dinheiro para u...

[ A senhora engorda e volta...

[ Al Capone era Tuga

[ arquivos

[ Julho 2018

[ Março 2016

[ Agosto 2015

[ Junho 2015

[ Março 2015

[ Março 2014

[ Março 2013

[ Fevereiro 2013

[ Julho 2012

[ Maio 2012

[ Outubro 2011

[ Agosto 2011

[ Junho 2011

[ Abril 2011

[ Janeiro 2011

[ Novembro 2010

[ Outubro 2010

[ Setembro 2010

[ Agosto 2010

[ Junho 2010

[ Maio 2010

[ Março 2010

[ Janeiro 2010

[ Dezembro 2009

[ Novembro 2009

[ Outubro 2009

[ Julho 2009

[ Junho 2009

[ Maio 2009

[ Abril 2009

[ Março 2009

[ Fevereiro 2009

[ Janeiro 2009

[ Dezembro 2008

[ Novembro 2008

[ Outubro 2008

[ Setembro 2008

[ Agosto 2008

[ Julho 2008

[ Junho 2008

[ Maio 2008

[ Abril 2008

[ Março 2008

[ Fevereiro 2008

[ Janeiro 2008

[ Dezembro 2007

[ Novembro 2007

[ Outubro 2007

[ Setembro 2007

[ Agosto 2007

[ Julho 2007

[ Junho 2007

[ Maio 2007

[ Abril 2007

[ Março 2007

[ Fevereiro 2007

[ tags

[ todas as tags

Segunda-feira, 15 de Março de 2010

A ASAE anda a contar rodas?

Ouvi logo pela manhã a notícia de que a ASAE (Autoridade de Segurança e Alimentar e Económica) estava a fazer uma acção de fiscalização em todo o país. Numa entrevista em directo no noticiário da manhã ouvi alguém que presumo ser da ASAE a ser entrevistado.

Por causa do que ouvi - que já conto - lembrei-me de uma anedota: um tipo olha para um rebanho e diz quantas cabeças de gado ali estão. O pastor, espantado por o tipo ter adivinhado, pergunta-lhe como conseguiu. "Fácil" - diz o outro - "Contei as patas e dividi por quatro!".

Na tal entrevista em directo da praça de portagens da ponte 25 de Abril a entrevistada disse que até aquele momento tinham inspeccionado cerca de 33 veículos...".

Cerca" de 33 veículos quer dizer que podem ter sido 32 ou 34, ou 28 ou 37. É provável, por isso, que a inexactidão do registo se deva ao facto de alguém andar a contar rodas e dividir a quantidade por quatro para saber quantos veículos dá. Como muito do transporte de mercadorias em questão é transportado em veículos comerciais de duplo rodado e/ou de duplo eixo, as contas saem furadas. E se também mandaram parar alguma daquelas motos modernas com três rodas, ou daqueles velhos triciclos motorizados, então nunca mais acertam a quantidade de rodas com a quantidade de viaturas.

Acho que era mais simples contar apenas os veículos. Senão tem de se arranjar outra explicação para a ASAE. Como os pneus em uso não são perfeitamente redondos, poderia ser Autoridade da Soma de Acessórios Elípticos.

OK, também não são elípticos, mas tinha de arranjar qualquer coisa começada por 'E' e não me ocorreu mais nada...

publicado por coisas minhas às 14:05
link do post | comentar | favorito

[ quem sou

[ pesquisar

 

[ Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

[ links