coisas que me passam pela cabeça, e outras que vão ficando

[ textos recentes

[ O homem que não existe

[ Sábios conselhos

[ Coisas úteis (?) que se a...

[ We Go ou Nós Vamos?

[ Eusébio no Panteão não. P...

[ Viva la vida loca aos 80!

[ Não tenho dinheiro para u...

[ A senhora engorda e volta...

[ Al Capone era Tuga

[ Carnaval palerma

[ arquivos

[ Março 2016

[ Agosto 2015

[ Junho 2015

[ Março 2015

[ Março 2014

[ Março 2013

[ Fevereiro 2013

[ Julho 2012

[ Maio 2012

[ Outubro 2011

[ Agosto 2011

[ Junho 2011

[ Abril 2011

[ Janeiro 2011

[ Novembro 2010

[ Outubro 2010

[ Setembro 2010

[ Agosto 2010

[ Junho 2010

[ Maio 2010

[ Março 2010

[ Janeiro 2010

[ Dezembro 2009

[ Novembro 2009

[ Outubro 2009

[ Julho 2009

[ Junho 2009

[ Maio 2009

[ Abril 2009

[ Março 2009

[ Fevereiro 2009

[ Janeiro 2009

[ Dezembro 2008

[ Novembro 2008

[ Outubro 2008

[ Setembro 2008

[ Agosto 2008

[ Julho 2008

[ Junho 2008

[ Maio 2008

[ Abril 2008

[ Março 2008

[ Fevereiro 2008

[ Janeiro 2008

[ Dezembro 2007

[ Novembro 2007

[ Outubro 2007

[ Setembro 2007

[ Agosto 2007

[ Julho 2007

[ Junho 2007

[ Maio 2007

[ Abril 2007

[ Março 2007

[ Fevereiro 2007

[ tags

[ todas as tags

Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Pingo azedo

Está 'no ar' um anúncio do Pingo Doce que é super azedo. Começa e dura até ao fim com uma canção horrível, nada melodiosa e mal cantada, que consegue durar mais de um minuto. Um minuto de rádio custa muito dinheiro, fazer um anúncio também. Pois com o dinheiro que o Pingo Doce gasta consegue-me perder como cliente. Terá sido esse o sentido do investimento? A Staples tem um anúncio em que, com piada, faz um elogio a quem autorizou aquele anúncio. Será que quem autorizou este anúncio do Pingo Doce já o ouviu? Terá morrido do choque, ficou em coma, ou simplesmente tem mau gosto?

O anúncio consiste numa canção que diz que se pode ir ao Pingo Doce de Janeiro a Janeiro, e não sei que mais. Parece uma imitação de uma canção dos Deolinda, mas mal copiada e mal cantada. Tem lá atrás o som enviesado de umas guitarras, talvez procurando invocar a guitarra portuguesa, mas parece ser tocada por gatos com Parkinson. Depois, ao fim de uns segundos que me parecem séculos, aparece um ritmo qualquer, uma percursão estranha... Talvez eu o consiga gravar e colocá-lo aqui, mas não sei se suporto o sofrimento...

Eu até gosto do Pingo Doce, mas este anuncio é arrepiante. Se este anúncio passar na rádio da próxima vez que eu estiver a caminho do Pingo Doce, de certeza que vou a outro lado!

 

música: ARGH!!!!
tags:
publicado por coisas minhas às 08:20
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Rachel a 23 de Fevereiro de 2010 às 21:45
oi... boas noites...
sempre achei este anuncio irritante.... mas ao mesmo tempo, infelixmente fica no ouvido...
sempre que parava para ouvir ficava irritada com a letra...
mas enfim... é uma técnica de publicidade
cada um tem seu comentário
e a bem ou a mal a intenção é
falar no pingo doce...
e pelos vistos isso conseguiram

xox from rachel
De eueuemaiseu a 6 de Novembro de 2009 às 17:40
eu gosto do anúncio mas estou a concluir que sou a única pessoa assim no universo...
De Paula a 5 de Novembro de 2009 às 16:42
Até que enfim.... Pensava que era a única a achar essa «canção» de arrepiar.
De Pedro Pereira a 5 de Novembro de 2009 às 15:41
é só mais um anúncio normal (e talvez mal conseguido), mas não percebo esta mediatização...
De maria do mar a 5 de Novembro de 2009 às 14:57
De facto o anúncio é muitíssimo assutador. Repete-se escandalosamente como se os ouvintes não fossem pessoas com direito a paz. Nunca conheci ninguém que achasse um bom anúncio na rádio e francamente recuso-me a analisar se tem alguma coisa de bom em termos de fotografia, quando passa na televisão. É agressivo, grotesco e grosseiro. É mal cantado, comprido e irritante. Não me interessa a mensagem. É um anúncio mau e desagradável. Continuarei a ir ao Pingo-doce porque é um bom supermercado, mas não deixa de ter sido muito infeliz e boçal na produção desta publicidade.
BOM BLOGUE.
De Lusitano a 4 de Novembro de 2009 às 21:07
Pingo Doce, não vou lá.

:-P
De Paulo Galliano a 15 de Outubro de 2009 às 16:10
Olá! A agência de publicidade DUDA fez sem dúvida um excelente trabalho publicitário. Despertou alegrias...paixões...invejas...despertou mentes deprimentes...enfim...o resultado no meu ver foi o esperado! Até que enfim que houve alguém que soube o verdadeiro significado de publicidade! Houve inclusivee uns cromos que se uniram no twitter para realizarem magia negra em torno desta publicidade, tendo como um dos principais temas de discussão o facto da bandeira estar ao avesso...aquela gente deve mesmo viver no mundo da Lua, pois lá não há vento a agitar a bandeira ao contrário do planeta Terra!Enfim...cromos...!!!A vocalista dos Deolinda tem uma excelente voz, que já deu para se notar. Quanto aos cromos, o melhor remédio é um comprimido de Fluoxetina ao Peq. Almoço Ad eternum e 1 comprimido de Xanax ao deitar Ad eternum. À noite pode-se fazer acompanhar de 1 cházinho de Camomila Pingo Doce Ad eternum. A concorrência e restantes empresas de publicidade, têm de comprar um espaço na Lua e aguardar que o vento lhes abane a bandeira da depressão e do agoiro.
De Zé Portuga a 24 de Fevereiro de 2010 às 10:49
Deves trabalhar na DUDA de certeza... ou então tens péssimo gosto (que neste caso vai dar ao mesmo).
Este é o pior anúncio dos últimos tempos a todos os níveis!!! E o pior é que continuam a massacrar as pessoas com isto ao fazerem 127464638 anúncios diferentes... já lhes perdi a conta. Nos últimos então parece que estão a chamar as pessoas de parvas... A grande questão é: o Pingo Doce passou a ter mais clientes depois desta campanha gigante e péssima? Não me parece. O facto de este ser o anúncio que as pessoas mais se recordam quando lhes perguntam "que anúncios se recorda de ter visto ultimamente?" não significa que seja pelas melhores razões. Há um artigo que fala sobre isso mas não tenho agora o link. Eu também me recordo logo do anúncio, infelizmente, e é pelas piores razões! A bandeira não está ao contrário, mas não lhes custava nada inverter a imagem... Só mostra que nem sabem como é a bandeira e que podia dar essa ideia quando alguém visse aquilo. É tão simples quanto isto. E só o facto de terem sentido necessidade de pôr todos aqueles elementos no início.... nem sei o que dizer... É de muito mau gosto. A música (se é que se pode considerar assim) então nem se fala... É que não tem ponta por onde se pegue.

Finalmente alguém fez uma paródia a esta coisa aspirante a anúncio de televisão! Espero que tenhas visto o "Notícias em 2ª mão", passava perfeitamente por anúncio do PD...ahaha

Comentar post

[ quem sou

[ pesquisar

 

[ Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

[ links