coisas que me passam pela cabeça, e outras que vão ficando

[ textos recentes

[ O homem que não existe

[ Sábios conselhos

[ Coisas úteis (?) que se a...

[ We Go ou Nós Vamos?

[ Eusébio no Panteão não. P...

[ Viva la vida loca aos 80!

[ Não tenho dinheiro para u...

[ A senhora engorda e volta...

[ Al Capone era Tuga

[ Carnaval palerma

[ arquivos

[ Março 2016

[ Agosto 2015

[ Junho 2015

[ Março 2015

[ Março 2014

[ Março 2013

[ Fevereiro 2013

[ Julho 2012

[ Maio 2012

[ Outubro 2011

[ Agosto 2011

[ Junho 2011

[ Abril 2011

[ Janeiro 2011

[ Novembro 2010

[ Outubro 2010

[ Setembro 2010

[ Agosto 2010

[ Junho 2010

[ Maio 2010

[ Março 2010

[ Janeiro 2010

[ Dezembro 2009

[ Novembro 2009

[ Outubro 2009

[ Julho 2009

[ Junho 2009

[ Maio 2009

[ Abril 2009

[ Março 2009

[ Fevereiro 2009

[ Janeiro 2009

[ Dezembro 2008

[ Novembro 2008

[ Outubro 2008

[ Setembro 2008

[ Agosto 2008

[ Julho 2008

[ Junho 2008

[ Maio 2008

[ Abril 2008

[ Março 2008

[ Fevereiro 2008

[ Janeiro 2008

[ Dezembro 2007

[ Novembro 2007

[ Outubro 2007

[ Setembro 2007

[ Agosto 2007

[ Julho 2007

[ Junho 2007

[ Maio 2007

[ Abril 2007

[ Março 2007

[ Fevereiro 2007

[ tags

[ todas as tags

[ visitas

Sexta-feira, 9 de Outubro de 2009

Deliciem-se com o nada!

Gosto de ouvir a rádio M80, para distrair. Como muitas outras, pertence a determinado grupo económico e por isso passa muita publicidade a esse grupo: novelas da TVI e o que se vai publicando na Lux e coisas assim.

Calma! Não vomitem já! Há anúncios a tanta coisa boa e má... No meio de tantos suportam-se os da TVI e da Lux, ainda que com algum esforço... Não fosse por causa da maioria da música que passa e não ouviria esta rádio.

Respiremos fundo...

Segundo um anúncio da Lux que está a passar esta semana, a casa da neta de Champalimaud foi assaltada, e a senhora foi até sequestrada. Não lhe gabo a sorte, lamento o sucedido. Mas que interessa isto enquanto notícia? Ou melhor: porque interessa isto como notícia? E será notícia? Há centenas de assaltos por ano em Portugal que a Lux não noticia. A notícia da Lux não é o evento, é a vítima, e só é notícia pelo seu nome. Apenas isso, aos olhos da Lux, a faz merecedora de destaque. Não é o acontecido que interessa, é a quem aconteceu. E depois o anúncio diz que tem fotos exclusivas. De quê? Do sítio onde estava o DVD? Da comida para os peixes que se entornou no chão? Até acredito que as fotos sejam exclusivas da Lux porque, afinal, a quem mais interessaria publicar aquilo?

O que entristece é que esta coisa, que não anda nem perto do jornalismo, serve apenas para encher de vazio a cabeça a muita gente. Perde-se tanto com coisas que não interessam para nada!

publicado por coisas minhas às 17:10
link do post | comentar | favorito

[ quem sou

[ pesquisar

 

[ Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

[ links