coisas que me passam pela cabeça, e outras que vão ficando

[ textos recentes

[ Ronaldo é apresentado hoj...

[ O homem que não existe

[ Sábios conselhos

[ Coisas úteis (?) que se a...

[ We Go ou Nós Vamos?

[ Eusébio no Panteão não. P...

[ Viva la vida loca aos 80!

[ Não tenho dinheiro para u...

[ A senhora engorda e volta...

[ Al Capone era Tuga

[ arquivos

[ Julho 2018

[ Março 2016

[ Agosto 2015

[ Junho 2015

[ Março 2015

[ Março 2014

[ Março 2013

[ Fevereiro 2013

[ Julho 2012

[ Maio 2012

[ Outubro 2011

[ Agosto 2011

[ Junho 2011

[ Abril 2011

[ Janeiro 2011

[ Novembro 2010

[ Outubro 2010

[ Setembro 2010

[ Agosto 2010

[ Junho 2010

[ Maio 2010

[ Março 2010

[ Janeiro 2010

[ Dezembro 2009

[ Novembro 2009

[ Outubro 2009

[ Julho 2009

[ Junho 2009

[ Maio 2009

[ Abril 2009

[ Março 2009

[ Fevereiro 2009

[ Janeiro 2009

[ Dezembro 2008

[ Novembro 2008

[ Outubro 2008

[ Setembro 2008

[ Agosto 2008

[ Julho 2008

[ Junho 2008

[ Maio 2008

[ Abril 2008

[ Março 2008

[ Fevereiro 2008

[ Janeiro 2008

[ Dezembro 2007

[ Novembro 2007

[ Outubro 2007

[ Setembro 2007

[ Agosto 2007

[ Julho 2007

[ Junho 2007

[ Maio 2007

[ Abril 2007

[ Março 2007

[ Fevereiro 2007

[ tags

[ todas as tags

Domingo, 12 de Outubro de 2008

Palmas para quê?

Há anos que tenho reparado naquilo, sempre me ocorreu a mesma dúvida, nunca percebi o sentido. Quando fecha a sessão diária da Bolsa de Nova Iorque há alguém todo contente a bater com um martelo. Podia ser um sinal sonoro, uma luz que acendesse, alguém que tocasse uma sineta, mas não é alguém com um martelo. Mas para além disso, porque será que muitas vezes há um grupo de pessoas, atrás da pessoa do martelinho, a bater palmas e todos contentes? A que batem eles palmas?? Será que não reparei bem e só batem palmas à sexta-feira porque vão de fim-de-semana? Ou será que o fazem à segunda porque vão começar a trabalhar? Será o quê, caramba? A que batem palmas? Que sentido terá aquilo? Até acredito que tenha alguma razão de ser, mas não chego lá. A quem souber agradeço explicação.

 

publicado por coisas minhas às 09:30
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Siri a 12 de Outubro de 2008 às 10:50
São luso-descendentes, e como tal, gostam de bater palminhas em qualquer evento ou situação.

Segundo me constou, também o americano que se preze também aprecia qualquer desculpa para bater palminhas... deve ser para criar músculo.

Comentar post

[ quem sou

[ pesquisar

 

[ Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

[ links