coisas que me passam pela cabeça, e outras que vão ficando

[ textos recentes

[ Ronaldo é apresentado hoj...

[ O homem que não existe

[ Sábios conselhos

[ Coisas úteis (?) que se a...

[ We Go ou Nós Vamos?

[ Eusébio no Panteão não. P...

[ Viva la vida loca aos 80!

[ Não tenho dinheiro para u...

[ A senhora engorda e volta...

[ Al Capone era Tuga

[ arquivos

[ Julho 2018

[ Março 2016

[ Agosto 2015

[ Junho 2015

[ Março 2015

[ Março 2014

[ Março 2013

[ Fevereiro 2013

[ Julho 2012

[ Maio 2012

[ Outubro 2011

[ Agosto 2011

[ Junho 2011

[ Abril 2011

[ Janeiro 2011

[ Novembro 2010

[ Outubro 2010

[ Setembro 2010

[ Agosto 2010

[ Junho 2010

[ Maio 2010

[ Março 2010

[ Janeiro 2010

[ Dezembro 2009

[ Novembro 2009

[ Outubro 2009

[ Julho 2009

[ Junho 2009

[ Maio 2009

[ Abril 2009

[ Março 2009

[ Fevereiro 2009

[ Janeiro 2009

[ Dezembro 2008

[ Novembro 2008

[ Outubro 2008

[ Setembro 2008

[ Agosto 2008

[ Julho 2008

[ Junho 2008

[ Maio 2008

[ Abril 2008

[ Março 2008

[ Fevereiro 2008

[ Janeiro 2008

[ Dezembro 2007

[ Novembro 2007

[ Outubro 2007

[ Setembro 2007

[ Agosto 2007

[ Julho 2007

[ Junho 2007

[ Maio 2007

[ Abril 2007

[ Março 2007

[ Fevereiro 2007

[ tags

[ todas as tags

Sexta-feira, 2 de Março de 2007

Agora já consigo aturar!

Acabo de ouvir numa rádio local uma música  - não sei o título - das Four No Blonds, umas tipas que tocavam com uns chapéus altos e de tecido aparentemente grosso, todos coloridos.

A música foi moda há uns anos, tanto que passa nas rádios até à náusea. O mesmo sucede todos os dias com inúmeras outras. Tanto passam que se tornam insuportáveis. Talvez daqui a uns anos as possamos ouvir com um mínimo de deleite, agora estão a torná-las insuportáveis. A 'Carta' do André Sardet (é assim que se escreve?) estava na mesma senda, mas parece ter aliviado. Ouvi-o pedir numa entrevista para não passarem tanto a música.

É curioso que agora gostei de ouvir aq música das Four No Blonds. Não me fará ir comprá-la, (como compraria esta do Loyd Cole que escuto agora e já tenho!) mas torna-se agradável de ouvir.

 

publicado por coisas minhas às 23:32
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De siri a 5 de Março de 2007 às 01:59
Não há pachorra para rádios: por muito zapping que se faça, é tudo igual; nada trazem de novo =(
De Chico a 12 de Março de 2007 às 22:40
É a revolução das playlists. Não sei se terá sido assim uma grande revolução mas é com isso que temos de viver.
Já agora aceita o meu conselho e ouve os novos de Arcade Fire e Bloc Party e o primeiro dos Klaxons. ;)

Comentar post

[ quem sou

[ pesquisar

 

[ Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

[ links