coisas que me passam pela cabeça, e outras que vão ficando

[ textos recentes

[ O homem que não existe

[ Sábios conselhos

[ Coisas úteis (?) que se a...

[ We Go ou Nós Vamos?

[ Eusébio no Panteão não. P...

[ Viva la vida loca aos 80!

[ Não tenho dinheiro para u...

[ A senhora engorda e volta...

[ Al Capone era Tuga

[ Carnaval palerma

[ arquivos

[ Março 2016

[ Agosto 2015

[ Junho 2015

[ Março 2015

[ Março 2014

[ Março 2013

[ Fevereiro 2013

[ Julho 2012

[ Maio 2012

[ Outubro 2011

[ Agosto 2011

[ Junho 2011

[ Abril 2011

[ Janeiro 2011

[ Novembro 2010

[ Outubro 2010

[ Setembro 2010

[ Agosto 2010

[ Junho 2010

[ Maio 2010

[ Março 2010

[ Janeiro 2010

[ Dezembro 2009

[ Novembro 2009

[ Outubro 2009

[ Julho 2009

[ Junho 2009

[ Maio 2009

[ Abril 2009

[ Março 2009

[ Fevereiro 2009

[ Janeiro 2009

[ Dezembro 2008

[ Novembro 2008

[ Outubro 2008

[ Setembro 2008

[ Agosto 2008

[ Julho 2008

[ Junho 2008

[ Maio 2008

[ Abril 2008

[ Março 2008

[ Fevereiro 2008

[ Janeiro 2008

[ Dezembro 2007

[ Novembro 2007

[ Outubro 2007

[ Setembro 2007

[ Agosto 2007

[ Julho 2007

[ Junho 2007

[ Maio 2007

[ Abril 2007

[ Março 2007

[ Fevereiro 2007

[ tags

[ todas as tags

[ visitas

Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

Coitadinho...

Segundo a notícia do Público de hoje, Domingos Névoa perde 30 mil euros por dia por causa de Sá Fernandes. Em causa está o facto de este último lhe ter chamado "bandido". Como eu não tenho dinheiro para advogados, nem tempo para chatices, não digo se concordo ou não, nem que epítetos lhe aporia, ou não. Quem devia julgar já julgou. Em tribunal ficou provado que Domingos Névoa tentou corromper e foi castigado.

Parece agora o dito indivíduo lamentar-se de continuar a ser castigado por  outras formas. Leio na notícia, e copio o texto, que Hernâni Cotovedo, economista da Rodrigues & Névoa, confirma os prejuízos financeiros para as empresas do grupo. "As declarações de José Sá Fernandes tiveram repercussões ao nível das análises de risco e dos contactos com os bancos", afirmou. Cotovedo considerou ainda que o impacto mediático destas afirmações levou a um agravamento das condições do contrato de concessão dos stands Carclass à Rodrigues & Névoa pela Mercedes-Benz.

Pessoalmente não tenho pena nenhuma. Ficou provado que este indivíduo tentou corromper e isso, para mim, descredibiliza-o para sempre. Creio que nunca faria negócios com ele, e compreendo que outras empresas agravem as condições de contrato acordadas com ele ou empresas suas. Vou mais longe até. Não tenciono ter um Mercedes, mas se a ligação sugerida no texto fosse mais directa, seria uma muito boa razão para não comprar.

Quem diz perder 30 mil euros por dia tem muita margem de conforto por trás. Não tenho pena nenhuma dele.

A notícia do Público está aqui.

publicado por coisas minhas às 23:32
link do post | comentar | favorito
|

[ quem sou

[ pesquisar

 

[ Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

[ links